Conteúdos

Banco Central anuncia medidas para aumentar oferta de crédito

Publicado em Notícias no dia 29/07/2014

Banco Central anuncia medidas para aumentar oferta de crédito

O Banco Central anunciou medidas para aumentar a oferta de crédito e estimular a economia brasileira. Os R$ 45 bilhões vão sair dos chamados recolhimentos compulsórios.

Parte do dinheiro que os bancos movimentam tem que ficar parada no Banco Central. É uma exigência para aumentar a segurança, a estabilidade do sistema financeiro. Além disso, nos empréstimos as instituições financeiras também são obrigadas a guardar recursos para se proteger de eventuais calotes. As medidas anunciadas devem liberar um pouco desse dinheiro que hoje está retido.

Cem por cento do compulsório, o dinheiro que fica no Banco Central, são remunerados pela taxa Selic, atualmente 11% ao ano. A partir de agora, só metade desses recursos vai ser corrigida. A outra metade não será remunerada, um estímulo para o banco emprestar para financiamento de carros, por exemplo.

O Banco Central também ampliou o número de pequenos bancos que poderão transferir os créditos de seus clientes para outras instituições. Outra decisão facilita financiamentos para pequenas empresas no valor de até R$ 1,5 milhão.

Não é a primeira vez que o Banco Central adota essas medidas para aquecer a economia. E o momento agora, segundo o governo, permite repetir a dose porque o nível de endividamento das famílias não preocupa e mais pessoas estão pagando as contas em dia.

Matéria completa em: G1

Compartilhe:

Voltar